segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Desculpa


Pensamentos a mil idéias insanas, sentimentos que machucam a cada situação me parece mas difícil de suportar. As coisas acontecem e não a mas nada que eu possa fazer e se fizesse séria como sempre, vale por uns minutos e depois todos agem como se nada tivesse acontecido. Me falta um porto seguro não tenho mas onde me apoiar tudo que construir esta se desvaindo em ruínas, queria muito poder reconstruir uma nova historia mas o destino é muito cruel.
Nem tudo é como queremos mas podemos tentar até o fim apesar de saber que esse fim é pior do que qualquer recomeço, sou capaz de lutar por tudo que amo e que quero mas não sou capaz de suportar tudo sou humano !
Só me restou esperar flores de alguém porque tentei cultivar meu jardim pra decorar minha alma e agora ela esta lotada de flores de mágoas, decepções, erros e culpas que nunca vou me perdoar. Vou levar essas mágoas comigo até o sepulcro, poderia ate escrever tudo isso seria um texto cheio de sangue, agonia e angustia mas nunca serei capaz de escrever minha vida.
Queria apenas brincar de amar, e tudo ficou mas imbecil nas formas como nos rostos, queria poder gritar e não ouvir minha alma sussurrar teu nome como se pedi-se socorro não queria precisar de você mas não vou conseguir parar de gritar teu nome.
Parece que esse amor é como uma maldição, quanto mas se ama mas se sofre e não existe uma solução pra maldição do amor.
O quebra-cabeça só é criado uma vez se perde-se uma peça ele nunca mais será completo. Se minha vida fosse um desses quebra-cabeças incompleto seria ótimo, pois, nada é perfeito, e assim minha alma esta como um livro em branco pra alguém escrever e esse alguém ainda não chegou.
Posso não parecer feliz por alguns estantes, mas minha alma não pode escrever no meu destino palavras que não existente no meu viver.





Obs: Esse é apenas um personagem criado por mim, mas "todo escritor coloca sua alma
em seus textos ."

Nenhum comentário:

Postar um comentário